Exclusivo para assinantes UOL

"Não há mais casas": rohingyas falam em estupro, fogo e morte em Mianmar

Ellen Barry*

  • AP

    3.dez.2016 - Mulheres e crianças de etnia rohingya fazem fila para coletar água em campo de refugiado em Teknaf, em Bangladesh

    3.dez.2016 - Mulheres e crianças de etnia rohingya fazem fila para coletar água em campo de refugiado em Teknaf, em Bangladesh

Quando os militares de Mianmar cercaram a aldeia de Pwint Phyu Chaung, todos tiveram alguns segundos para fazer uma escolha.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos