Exclusivo para assinantes UOL

Inspirados em "Downton Abbey", chineses ricos querem contratar mordomos no estilo inglês

Chris Buckley e Karoline Kan

Em Chengdu (China)

  • Gilles Sabrie/The New York Times

Mao Tsé-Tung disse certa vez que uma revolução não era um jantar de gala. Mas agora, com a revolução comunista se tornando um capitalismo opulento, os ricos da China estão se certificando de que seus jantares de gala saiam impecáveis e o vinho seja servido do jeito certo.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos