Exclusivo para assinantes UOL

À espera de uma nova vida: a longa jornada de dois refugiados até os EUA

Julie Turkewitz e Caitlin Dickerson

  • Jim Wilson/The New York Times

    Mohamed Sharif, refugiado somali que hoje trabalha como motorista de caminhão, em parada em Turlock (Califórnia)

    Mohamed Sharif, refugiado somali que hoje trabalha como motorista de caminhão, em parada em Turlock (Califórnia)

Faiz Khalil era um coronel do Exército iraquiano, cujo trabalho com os militares dos EUA pode ter provocado a morte de sua filha de 8 anos. Mohamed Sharif era um estudante em Mogadíscio, na Somália, uma zona de guerra urbana aterrorizada por milícias rivais.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos