Exclusivo para assinantes UOL

Trump pode recorrer a aliados árabes para ajudar nas relações entre israelenses e palestinos

Peter Baker e Mark Landler

Em Washington (EUA)

  • Jordanian Royal Palace/Yousef Allan/AFP

    O rei Abdullah 2º, da Jordânia, se encontra com o presidente dos EUA, Donald Trump, em Washington

    O rei Abdullah 2º, da Jordânia, se encontra com o presidente dos EUA, Donald Trump, em Washington

O presidente Donald Trump e seus assessores, aventurando-se pela primeira vez no mundo convulso das negociações de paz no Oriente Médio, estão desenvolvendo uma estratégia para o conflito israelo-palestino que recorreria a países árabes como Arábia Saudita e Egito para romper anos de impasse.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos