Exclusivo para assinantes UOL

Ameaças e vandalismo deixam judeus americanos em estado de tensão na era Trump

Alan Blinder, Serge F. Kovaleski e Adam Goldman

  • Robert Cohen /St. Louis Post-Dispatch via AP

    Homem caminha por lápides vandalizadas no cemitério judaico Chesed Shel Emeth, em University City, Missoury

    Homem caminha por lápides vandalizadas no cemitério judaico Chesed Shel Emeth, em University City, Missoury

A voz estridente e digressiva ao telefone era distorcida e truncada, e alertava para a ameaça de um massacre de judeus. A voz falava em uma bomba carregada de estilhaços e um “banho de sangue” iminente. Momentos depois, a pessoa desligou.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos