Exclusivo para assinantes UOL

Por que relaxar, para Trump, não é tarefa pequena ou simples

Glenn Thrush e Maggie Haberman

Em Washington (EUA)

  • Kevin Lamarque/ Reuters

O presidente Donald Trump é um homem seriamente suscetível a se emaranhar nas redes da obsessão. Nas últimas três semanas, nenhuma compulsão consumiu tanto sua psique, e sua conta no Twitter, quanto a ideia profundamente acalentada, mas de fontes rasas, de que o presidente Barack Obama grampeou seus telefones.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos