Exclusivo para assinantes UOL

Comerciantes chineses preenchem vácuo e prosperam no Senegal

Andrew Jacobs

Em Dacar (Senegal)

  • Sergey Ponomarev/The New York Times

    Lojista chinesa vende bijuteria baratas no bairro Centenaire, em Dacar, no Senegal

    Lojista chinesa vende bijuteria baratas no bairro Centenaire, em Dacar, no Senegal

Recém-saído da faculdade e frustrado com a falta de perspectivas de emprego em seu país, Cao Qihan, 23, fez o que várias gerações de chineses ambiciosos fizeram antes dele: ele se arriscou e foi para uma terra distante e totalmente desconhecida, onde as pessoas falam línguas que ele não entende.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos