Exclusivo para assinantes UOL

Críticos dizem que agência dos EUA tem parte da culpa por ciberataques recentes

Nicole Perlroth e David E. Sanger

  • Getty Images/iStockphoto

Por duas vezes no mês passado, ciberarmas da Agência de Segurança Nacional (NSA, na sigla em inglês), roubadas de seu arsenal, foram usadas contra dois parceiros muito diferentes dos Estados Unidos, o Reino Unido e a Ucrânia.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos