Exclusivo para assinantes UOL

Herói de conflito sangrento ganha reconhecimento na Coreia do Sul

Por Choe Sang Hun

Em Seul

  • NYT

    Monumento em Gwangju a Jürgen Hinzpeter

    Monumento em Gwangju a Jürgen Hinzpeter

Quando correspondentes estrangeiros cobrem situações perigosas, eles dependem com frequência de assistentes locais, que em muitos casos correm riscos ainda maiores do que eles. No mês sangrento de maio de 1980 em Gwangju, Coreia do Sul, um desses heróis invisíveis era um taxista cujo nome pode ou não ser Kim Sa-bok.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos