PUBLICIDADE
Topo

Mulheres rompem barreiras e inovam na indústria de brinquedos eróticos

Polly Rodriguez (centro), fundadora do Umbound, participa de reunião com sua equipe no "The Wing", em Nova York - Celeste Sloman/The New York Times
Polly Rodriguez (centro), fundadora do Umbound, participa de reunião com sua equipe no "The Wing", em Nova York Imagem: Celeste Sloman/The New York Times
Exclusivo para assinantes UOL

Anna North

Em Nova York (EUA)

27/08/2017 00h03

Para Janet Lieberman, fabricar brinquedos sexuais começou meio de piada. Em 2013, ela morava no Brooklyn e se preparava para deixar a MakerBot, onde trabalhava como engenheira. Quando as pessoas lhe perguntavam o que pretendia fazer a seguir, el...