Exclusivo para assinantes UOL

Após 141 anos, jornal argentino que resistiu aos militares se rende ao mercado

Daniel Politi

Em Buenos Aires (Argentina)

  • TRAVIS DOVE/NYT

    Robert Cox, ex-editor do Jornal Buenos Aires Herald, em sua casa em Charleston

    Robert Cox, ex-editor do Jornal Buenos Aires Herald, em sua casa em Charleston

O "Buenos Aires Herald" abriu suas portas há quase 141 anos, mas se tornou lendário ao expor os desaparecimentos forçados durante a ditadura militar de 1976 a 1983, um capítulo da história argentina sobre os quais outros jornais se calavam.

UOL Cursos Online

Todos os cursos