Exclusivo para assinantes UOL

Ajuda a terremoto no México cresce, mas muitos temem que doações sejam desviadas

Paulina Villegas e Elisabeth Malkin

Em Juchitán de Zaragoza (México)

  • BRETT GUNDLOCK/NYT

    Médico verifica o raio-x de paciente em um hospital temporário para os feridos, em um ginásio em Juchitón de Zaragoza, no México

    Médico verifica o raio-x de paciente em um hospital temporário para os feridos, em um ginásio em Juchitón de Zaragoza, no México

Concepción Rueda Gomes tem coletado alimentos e suprimentos desde que o terremoto mais forte do México atingiu sua cidade, Juchitán, na semana passada. Mas quando chegou a hora de distribuir a ajuda, ela procurou o auxílio de agências privadas.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos