PUBLICIDADE
Topo

'Comprimidos estão em toda parte': a crise das drogas e suas vítimas mais jovens nos EUA

Sessão infantil do cemitério de Lehi City, onde Penny Mae Cormani está enterrado após morrer devido ao uso de heroína - KIM RAFF/NYT
Sessão infantil do cemitério de Lehi City, onde Penny Mae Cormani está enterrado após morrer devido ao uso de heroína Imagem: KIM RAFF/NYT
Exclusivo para assinantes UOL

Julie Turkewitz

25/09/2017 00h01

Quando Penny Mae Cormani morreu em Utah, a família dela cantou hinos mórmons (Fique Calma, Minha Alma) enquanto seu pequeno caixão era enterrado. A mais recente vítima da uma epidemia de drogas que atualmente toma 60 mil vid...