Exclusivo para assinantes UOL

Após diminuir homicídios em NY, prefeito agora tenta deixar os policiais mais amistosos

J. David Goodman e Al Baker

Em Nova York (EUA)

  • DEMETRIUS FREEMAN/NYT

    Detetive, Thomas Troppmann, em patrulha em Washington Heights, fala com Domingo Basquez, em rua de bairro em Nova York

    Detetive, Thomas Troppmann, em patrulha em Washington Heights, fala com Domingo Basquez, em rua de bairro em Nova York

As sombrias propagandas de campanha pressagiavam a futura carnificina: a cidade de Nova York, nas mãos de um prefeito democrata, voltaria aos tempos dos limpadores de para-brisa em semáforos, prostitutas de rua e 2.000 homicídios por ano.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos