Topo

Na Europa, observadores são enviados aos estádios para combater a discriminação no futebol

ANDREJ ISAKOVIC/AFP
Torcedores do Partizan exibem uma bandeira gigante antes do jogo de futebol do Grupo B da UEFA Europa League entre Partizan Belgrade e KF Skenderbeu no estádio FK Partizan em Belgrado Imagem: ANDREJ ISAKOVIC/AFP
Exclusivo para assinantes UOL

09/11/2017 00h01

Na hora marcada, o homem pegou o telefone, sentou-se no sofá do hotel e ligou para o número. "Olá, estou ligando em nome da Fare", disse ele, dando o nome de uma rede sediada em Londres que combate a discriminaç&...