Exclusivo para assinantes UOL

Artista defende estátua de princesa portuguesa vetada em NY como símbolo racista há duas décadas

Corey Kilgannon

Em Nova York (EUA)

  • JOHNNY MILANO/NYT

    Audrey Flack com um protótipo da estátua de Catarina de Bragança, em seu estúdio em Hampton, Nova York

    Audrey Flack com um protótipo da estátua de Catarina de Bragança, em seu estúdio em Hampton, Nova York

Foi uma estátua que nunca se concretizou: um monumento de bronze, adornado com pedras preciosas, a uma rainha britânica, que deveria ter cinco andares de altura na margem do distrito do Queens do rio Leste, na direção do prédio da Organização das Nações Unidas nos anos 90.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos