PUBLICIDADE
Topo

Efeitos do Brexit chegam aos hospitais e médicos e enfermeiros começam a deixar Londres

Corredor do hospital Kings College, em Londres. Em nenhum lugar, as preocupações com a Brexit são mais alarmantes do que no serviço nacional de saúde da Grã-Bretanha - ANDREW TESTA/NYT
Corredor do hospital Kings College, em Londres. Em nenhum lugar, as preocupações com a Brexit são mais alarmantes do que no serviço nacional de saúde da Grã-Bretanha Imagem: ANDREW TESTA/NYT
Exclusivo para assinantes UOL

Katrin Bennhold

Em Londres (Inglaterra)

27/11/2017 00h01

Tanja Pardela está partindo de Londres. Domingo será seu último dia. Ela chora ao falar a respeito. Ela sentirá falta das batatas assadas recheadas, dos assados dominicais, de seu transporte público matinal, que passa...