Exclusivo para assinantes UOL

Com o avanço chinês na Ásia, Austrália começa a duvidar se ainda pode confiar nos EUA

Jane Perlez e Damien Cave

Em Pequim (China)

  • NYT

    O presidente dos EUA, Donald Trump, encontra-se com o primeiro-ministro australiano, Malcolm Turnbull, em museu em Nova York

    O presidente dos EUA, Donald Trump, encontra-se com o primeiro-ministro australiano, Malcolm Turnbull, em museu em Nova York

Quando o governo australiano decidiu escrever um novo documento sobre política externa, enfrentou perguntas intensamente polêmicas que moldam o futuro do país: a China substituirá os EUA como potência dominante na ásia? Nesse caso, com que rapidez?

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos