Exclusivo para assinantes UOL

Migrantes são bem-vindos de volta ao lar. Empregos? Isso é outra história

Siobhán O'grady

Em Benin City (Nigéria)

  • TYLER HICKS/NYT

    Refugiados em um centro de detenção em Zawiyah, na Líbia

    Refugiados em um centro de detenção em Zawiyah, na Líbia

Dez horas depois de ter deixado a costa da Líbia, Desmond Isaac estava tão próximo da Itália que sentia que quase podia vê-la. Então, uma embarcação da guarda costeira líbia apareceu e Isaac, um nigeriano de 32 anos que vendeu tudo o que tinha para ir à Europa, foi retirado de seu bote de borracha e levado de volta ao continente do qual achou que tinha escapado.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos