Topo

Dilema na Europa: permitir ou não a volta de ex-combates do Estado Islâmico

YPG/AFP
Imagem divulgada pelo exército curdo na Síria mostra a francesa Emilie Konig, 33, que é mantida presa em local não revelado após ter sido presa por lutar com o Estado Islâmico Imagem: YPG/AFP
Exclusivo para assinantes UOL

Alissa J. Rubin

Em Paris (França)

15/01/2018 00h01

Tendo passado os últimos cinco anos na Síria, onde se juntou aos extremistas islâmicos, Emilie König, 33 anos, deseja voltar para casa na França.Mas será que a França a deseja de volta?Filha de um policial de...