Exclusivo para assinantes UOL

Opinião: Como a direita americana se tornou pró-Israel

Max Fisher

  • Sebastian Scheiner/AP

    Donald Trump ao lado do premiê israelense Benjamin Netanyahu, no Museu de Israel, em Jerusalém

    Donald Trump ao lado do premiê israelense Benjamin Netanyahu, no Museu de Israel, em Jerusalém

Em uma política externa em geral caracterizada por sua casualidade, o governo Trump tem tratado de uma questão de forma intencionalmente focada: o conflito entre israelenses e palestinos.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos