Exclusivo para assinantes UOL

Na Israel de Netanyahu, é em torno dele que se dá a polarização

David M. Halbfinger e Isabel Kershner

Em Jerusalém

  • Tsafrir Abayov/AP

    Premiê de Israel, Benjamin Netanyahu, discursa durante conferência em Jerusalém

    Premiê de Israel, Benjamin Netanyahu, discursa durante conferência em Jerusalém

Em três pesquisas realizadas recentemente, os israelenses declararam o que pensam sobre o caso de corrupção envolvendo o premiê Benjamin Netanyahu, e a resposta é mais ou menos parecida com o que elas pensam sobre o próprio Netanyahu: cerca de metade delas acreditam que ele deveria renunciar. Seus partidários de direita acham, em sua esmagadora maioria, que ele deve permanecer.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos