PUBLICIDADE
Topo

Investigações da ONU sobre agressão sexual parecem manual do que não fazer em casos assim

António Guterres, secretário-geral da ONU, se diz preocupado com casos de agressão sexual - Li Muzi/Xinhua
António Guterres, secretário-geral da ONU, se diz preocupado com casos de agressão sexual Imagem: Li Muzi/Xinhua
Exclusivo para assinantes UOL

Jina Moore

30/06/2018 00h01

A mulher levou um angustiante mês para decidir denunciar que havia sido agredida sexualmente por um colega do Programa Alimentar Mundial, uma agência da ONU, enquanto trabalhava na Etiópia.

A agência levou uma semana para...