PUBLICIDADE
Topo

Um ano após Charlottesville, movimentos racistas mostram sinais de enfraquecimento e divisão

Polícia escolta supremacistas brancos durante a marcha "Unir a Direita" em Washington - Hilary Swift/The New York Times
Polícia escolta supremacistas brancos durante a marcha "Unir a Direita" em Washington Imagem: Hilary Swift/The New York Times
Exclusivo para assinantes UOL

Richard Fausset, Serge F. Kovaleski e Alan Feuer

Em Washington (EUA)

15/08/2018 00h01

Os chamados "supremacistas" brancos que assustaram os EUA um ano atrás nas ruas de Charlottesville, na Virgínia, com suas tochas e cantos de ódio, dão sinais, pelo menos temporariamente, de terem recuado para as so...