PUBLICIDADE
Topo

Homem-bomba matou lutadores afegãos, mas sobreviventes tentam manter legado

6.set.2018 - Prédio do Clube de Luta Livre de Maiwand, em Cabul, no Afeganistão, ficou destruído após explosão de homem-bomba - Wakil Kohsar/AFP
6.set.2018 - Prédio do Clube de Luta Livre de Maiwand, em Cabul, no Afeganistão, ficou destruído após explosão de homem-bomba Imagem: Wakil Kohsar/AFP
Exclusivo para assinantes UOL

Rod Nordland e Fatima Faizi

Em Cabul (Afeganistão)

24/09/2018 00h01

Aqui existe um ditado: “Um lutador de luta-livre nunca morre”. É um exemplo de como os campeões do esporte ocupam um lugar especial no coração dos afegãos, e ao longo dos anos, nenhum outro lugar produziu...