Topo

Crise da saúde na China gera filas em hospitais e violência contra médicos

Gilles Sabrié/The New York Times
Pacientes aguardam de madrugada pela abertura do ambulatório em um hospital em Pequim, na China Imagem: Gilles Sabrié/The New York Times
Exclusivo para assinantes UOL

Sui-Lee Wee

Em Pequim (China)

02/10/2018 00h01

Muito antes do amanhecer, quase 100 pessoas aguardavam na fila do lado de fora de um dos principais hospitais da capital.Elas esperavam por uma consulta com um especialista, uma chance de acesso ao melhor atendimento de saúde do país. Cambis...