PUBLICIDADE
Topo

Povo tenta manter criação de renas, mas Noruega quer diminuir rebanhos

Jovsset Ante Sara alimenta suas renas em Kautokeino, na Noruega - Nadia Shira Cohen/The New York Times
Jovsset Ante Sara alimenta suas renas em Kautokeino, na Noruega Imagem: Nadia Shira Cohen/The New York Times
Exclusivo para assinantes UOL

Nadia Shira Cohen

Em Kautokeino (Noruega) 

25/12/2018 00h01

Criar renas não é um trabalho para muitos sami, um povo indígena de menos de 140 mil pessoas que habita principalmente as regiões mais ao norte da Suécia, Noruega, Finlândia e Rússia. É um modo de vida.

Jovsset Ante Sara, um jovem de 26 anos que parece ter menos, conhece sua parte da tundra como se fosse um bairro urbano, cada morro e cada vale são familiares na terra adquirida ao longo de gerações pelo trabalho meticuloso de seus ancestrais.

El...