Topo

Sudão depôs um ditador brutal, mas seu chefe de segurança virou seu sucessor

Declan Walsh/The New York Times
O tenente-general Mohamed Hamdan, também conhecido como Hemeti, governante de fato do Sudão, posa para foto na sede militar do país em Cartum Imagem: Declan Walsh/The New York Times
Exclusivo para assinantes UOL

Declan Walsh

Em Cartum (Sudão)

2019-06-18T00:01:00

18/06/2019 00h01

Um ex-negociante de camelos que liderava uma milícia acusada pelo violento genocídio em Darfur, o tenente-general Mohamed Hamdan agora está no topo do poder no Sudão, observando as ruas queimadas de seu escritório com lambris de madeira no alto do impo...

Mais Jornais internacionais