"Dodgeball" arrasa com "The Terminal" nas bilheterias dos EUA

Greg Hernandez
Los Angeles Daily News

O estilo da comédia "Dodgeball: A True Underdog Story", sobre um duelo entre academias de ginástica, conectou-se tão bem com o público mais jovem que o filme da 20th Century Fox abriu seu primeiro final de semana arrecadando US$ 30 milhões- mais de R$ 90 milhões. O resultado deixou os tradicionais campeões Tom Hanks e Steven Spielberg bem longe da vitória nessa disputa de bilheteria.

O primeiro colocado no final de semana nos Estados Unidos, "Dodgeball", estrelado por Ben Stiller e Vince Vaughn, excedeu as expectativas da indústria, deixando o "The Terminal", da DreamWorks, num distante segundo lugar. Rapazes com menos de 25 anos constituíram mais de metade da audiência do filme, comédia de ação feita de humor bem fácil.

"As pessoas quiseram dar uma boa gargalhada, depois de tudo o que estão vendo acontecer pelo mundo", disse Bruce Snyder, presidente de distribuição da Fox. "É um filme genuinamente engraçado, e a única comédia em cartaz. O restante é feito de filmes para a família ou produções de tom mais sério".

"The Terminal", a mais recente parceria Hanks/Spielberg, era considerado o favorito para a abertura do final de semana, devido ao histórico da estrela e do diretor, que estiveram juntos em "Prenda-me se For Capaz" e "O Resgate do Soldado Ryan". Mas o filme sobre um imigrante do leste europeu que é obrigado a viver num aeroporto de Nova York abriu aproximadamente com US$ 18,7 milhões (quase R$ 58 milhões). É bem menos que a abertura obtida tanto por "Prenda-me" quanto pelo "Soldado Ryan" - ambos abriram, em seus finais de semana de estréia, com US$ 30 milhões.

"Filmes com conceitos inteligentes podem ser difíceis de vender, mas freqüentemente tem vida longa nas salas de exibição", disse Jim Tharp, chefe de distribuição da DreamWorks, acreditando que o filme de Spielberg tem boas chances de vender muitos ingressos ao longo do verão americano, que está apenas começando agora.

Fenômeno

Mas a grande alegria da DreamWorks continua sendo o sucesso de "Shrek 2", que terminou em quarto lugar no final de semana. Somando mais US$ 13,6 milhões, a comédia animada por computação gráfica agora já atinge a sensacional marca de US$ 378,3 milhões (equivalente a cerca de R$ 1,18 bilhão de reais). É a sexta maior bilheteria de todos os tempos.

As notícias não são tão boas para uma refilmagem da Disney, "A Volta ao Mundo em 80 Dias", baseada num livro clássico de Jules Verne e que foi o terceiro grande lançamento do final de semana. O filme estrelado por Jackie Chan mal chegou à relação dos 10 melhores, com apenas US$ 6,8 milhões nas vendas de ingressos do final de semana. O filme, colocado em nono lugar, estreou na quarta-feira e desde então só arrecadou US$ 9,6 milhões, o que é considerado um fracasso em obter o público familiar almejado pela Disney.

"Não nos conectamos com nosso público padrão, mas é verão, e todo dia é um feriado, então poderemos recuperar nosso dinheiro dessa forma", disse Chuck Viane, presidente de distribuição da Disney. "Vai ser difícil atingir o objetivo, mas continuaremos a trabalhar o filme porque acreditamos nele."

Enquanto isso, "Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban", da Warner, foi desalojado da primeira posição após um reinado de duas semanas. Mas obteve uma sólida terceira posição, com renda estimada de US$ 17,4 milhões no final de semana. O terceiro filme da série "Potter" arrecadou US$ 190,3 millhões (quase R$ 600 milhões) nos Estados Unidos em três semanas.

A comédia da Fox "Garfield: The Movie" continuou a mostrar força surpreendente ao vender US$ 11 milhões em ingressos no seu segundo final de semana, consolidando o quinto lugar na tabela. O filme até agora somou US$ 42 milhões, e o estúdio espera que o filme cresça até a faixa dos US$ 60 ou US$ 70 milhões.

Mas o público está rapidamente perdendo o interesse em outros dois lançamentos do final de semana: "The Chronicles of Riddick", da Universal Pictures, e "Mulheres Perfeitas" ("The Stepford Wives"), da Paramount Pictures.

"Riddick", filme-veículo para Vin Diesel, sofreu a queda mais radical que um lançamento de 2004 tenha sofrido do primeiro para o segundo final de semana. Nesse ultimo final de semana, arrecadou US$ 8,3 milhões, o que representa uma queda de 66% por cento em relação ao primeiro. O filme caiu do segundo para o sétimo lugar entre os lançamentos, tendo arrecadado US$ 41,4 milhões até agora.

Em sexto lugar, "Mulheres Perfeitas" sofreu queda de 57%, vendendo cerca de US$ 9,2 milhões. O filme, que tem estrelas como Nicole Kidman, Matthew Broderick e Bette Midler, já vendeu um total de US$ 39,45 milhões.

O terceiro filme da Fox na relação, "O Dia Depois de Amanhã", está em oitavo lugar. O filme-catástrofe provou ter um desempenho bem sólido, arrecadando no final de semana mais US$ 7,55 milhões - contando o resultado desde a sua estréia, já chega aos US$ 166,7 milhões (mais de R$ 516 milhões). Comédia de academia bate badalada produção de Steven Spielberg com Tom Hanks Marcelo Godoy

UOL Cursos Online

Todos os cursos