Aparelho eletrônico é o presente preferido no Natal dos EUA

Kimberly S. Johnson
de Nova York

Don Zerangue gastou pouco mais de meia hora e US$ 900 em suas compras natalinas neste mês, em uma loja Best Buy de Denver. Após uma olhada inicial pela loja e uma conversa com um vendedor, Zerangue foi embora com duas câmeras digitais, dois memory cards e duas garantias prolongadas.

"Está na lista (do meu filho), mas é uma surpresa para minha esposa", disse ele. "Ela costuma usar a minha câmera digital, então vou dar uma para ela também."

Esta tem sido uma cena comum nas lojas de todo o país. Uma pesquisa da Consumer Electronics Association informa que 76% dos norte-americanos estão dando presentes eletrônicos nestas festas. E pela primeira vez as câmeras digitais estão no topo da lista, superando os aparelhos de DVD, que lideraram a lista da associação por cinco anos consecutivos.

Isto pode estar ocorrendo porque o mercado está quase saturado de aparelhos de DVD -70% dos lares norte-americanos agora possuem um, enquanto apenas 39% possuem uma câmera digital.

"Também conta a conveniência e a flexibilidade, agora que os preços caíram bastante", disse Jim Barry, porta-voz da associação. "Elas são simples. O mercado de massa gosta de simplicidade."

Entre os consumidores que disseram que comprariam aparelhos eletrônicos nestas festas, 29% disseram que comprariam uma câmera digital, 28% disseram que comprariam periféricos de videogame e celulares como presentes, e 25% procurariam aparelhos de DVD.

"Quando você pergunta para as pessoas o que estão procurando, o que compraram, a resposta é aparelhos eletrônicos", disse C. Britt Beemer, presidente e fundador do America's Research Group. O empresa de pesquisa de consumo de Charleston, Carolina do Sul, entrevista mais de 8 mil pessoas sobre seus hábitos de compra a cada semana durante o período de festas.

"Em todo Natal parece haver uma categoria em particular que começa forte e permanece forte durante todo o período", disse ele. "Neste ano, foram os produtos eletrônicos. No ano passado foram algumas categorias de brinquedos que permaneceram fortes."

Quando a empresa de pesquisa entrevistou pessoas no início de novembro, os consumidores não estavam comprando nenhum item em particular para o Natal, disse Beemer. Mas redes de varejo como Circuit City e Best Buy ajudaram a criar a empolgação pelos aparelhos eletrônicos na sexta-feira após o Dia de Ação de Graças, com um desconto de US$ 17 para aparelhos de DVD em compras realizadas antes do amanhecer.

"Isso atraiu os consumidores até as lojas em busca de aparelhos eletrônicos", disse ele. O desejo dos americanos por aparelhos eletrônicos nesta temporada está ajudando a economia. Segundo o Departamento de Comércio, as compras de eletrônicos ajudaram a elevar as vendas no varejo em 0,1% em novembro.

"Neste ano, estávamos esperando o envio de 17,6 milhões de câmeras para as lojas norte-americanas", disse Steve Koenig, gerente sênior de análise do setor da Consumer Electronics Association. "É bem possível que ultrapassaremos este número, com tanto entusiasmo no quarto trimestre. Até outubro, nós já tínhamos enviado cerca de 13,1 milhões de câmeras."

Ele disse que o varejo deverá ter câmeras suficientes em estoque para atender ao movimento do período de festas. Como as vendas cresceram durante todo o ano, lojas e fabricantes tiveram tempo para aumentar seus estoques.

Os preços baixos, a grande disponibilidade e a facilidade de uso contribuíram para o aumento das vendas de câmeras digitais. Uma pesquisa do NPD Group em Port Washington, Nova York, mostrou que os preços das câmeras digitais caíram 31% de setembro de 2003 até setembro passado. O preço médio de uma câmera de 3 megapixels era de US$ 207 neste outono, mas o NPD Group espera que os preços das câmeras mais comuns caíam para menos de US$ 200 durante as festas.

"Cada vez que eles abaixam o preço, o quociente de demanda aumenta", disse Beemer. "Há muito prazer pessoal em dar para alguém uma câmera que poderá ser usada para guardar lembranças por toda uma vida."

As lojas e fabricantes estão facilitando a compra de câmeras digitais, oferecendo pacotes que incluem impressoras de fotos, eliminando a necessidade de um computador pessoal para ver e imprimir as fotos. Pela primeira vez, câmera digital supera DVD em pesquisa de intenção de consumo George El Khouri Andolfato

UOL Cursos Online

Todos os cursos