Exclusivo para assinantes UOL

Facilitando a jornada interior com confortos modernos

New York Times News Service

Em 1970, Mirabai Bush fazia parte da vanguarda de ocidentais que foram à Índia em busca de realização espiritual. Levando exemplares velhos de "Journey to the East" ("Jornada para o Oriente") e "Autobiography of a Yogi" ("A Autobiografia de um Iogue"), ela acompanhou amigos que viajaram de terceira classe em trens e dormiram em assoalhos de mosteiros nos seus sacos de dormir.

"Tendo uma origem social que nos proporcionava uma vida relativamente boa, viver sem conforto material se constituiu em parte substancial da nossa educação espiritual", diz Bush, atualmente diretora-executiva do Centro para uma Mente Contemplativa na Sociedade, uma organização sem fins lucrativos de Northampton, no Estado de Massachusetts.

Porém, na sua última peregrinação à Índia, dois anos atrás, ela descobriu que a iluminação e o luxo não são mutuamente exclusivos. Ela e um amigo ficaram no Ananda, um spa no sopé do Himalaia, com uma vista para Rishkesh, a cidade hindu sagrada próxima à fonte do rio Ganges. Os preços cobrados no local variam de US$ 430 para quartos de solteiro a US$ 1,600 para suítes.

UOL Cursos Online

Todos os cursos