Programa faz com que crianças pensem e adotem estilo de vida mais saudável

Semhar Debessai
Los Angeles Daily News

Assim como muitas crianças, Edward Garcia se preocupava tanto com uma alimentação saudável quanto com a previdência social. Aos 11 anos, ele era novo demais para se preocupar com tais coisas.

Mas o seu médico lhe disse outra coisa. "Eu não era capaz de me controlar quando via junk food (alimentos de baixo valor nutritivo)... ficava muito cansado e não queria me exercitar", conta Edward. "O meu médico me sugeriu o KP Kids."

Atualmente com 13 anos, Edward deve o seu estilo de vida mais saudável e ativo ao programa Kaiser Permanente, cujo objetivo é ensinar os jovens a se alimentar de forma correta.

"Trata-se de um programa de seis semanas para modificação de estilo de vida e comportamento", diz Mei Ling Scwartz, diretora de Educação Física e Saúde das instalações do Kaiser's Panorama. Schwartz trabalha no Kaiser há mais de 20 anos e é testemunha dos sucessos do programa desde o seu lançamento, em 2003.

Schwartz identifica os três componentes essenciais do programa para que se alcancem resultados favoráveis: educação nutricional, promoção de atividades infantis e, o mais importante, a expansão das aulas, de forma que estas não se restrinjam só às crianças, mas alcancem também os outros membros do lar.

"O objetivo é ensinar às famílias como comer bem, ser ativo e levar um estilo de vida saudável", explica Schwartz.

April Diaz, que também participou do programa, conhece bem os benefícios advindos de fazer dele um projeto familiar. Os seus pais e quatro irmãos completaram o programa com sucesso.

Para April, a mudança para um estilo de vida mais saudável, feita dois anos atrás, se constituiu tanto em uma transformação emocional quanto em uma mudança física. "Eu cultivava várias maus hábitos que me afetavam. Não me sentia bem comigo mesma."

Agora, April - que foi eleita rainha da Escola de Segundo Grau North Hollywood, e que em breve jogará na equipe de futebol americano do colégio - vê em si um modelo para os irmãos mais novos. April sugere a eles opções mais saudáveis (a sua favorita: tofu). "Eu costumava deixar que eles comessem o que bem quisessem, mas agora tudo se baseia em determinar se o alimento é saudável ou não."

A participação no programa começa com uma indicação médica, geralmente em se tratando de crianças dotadas de um índice de massa corporal (IMC) inaceitável, obesas ou que corram risco de sofrer de diabetes. As crianças e as famílias participantes são avaliadas antes, durante e várias vezes depois do programa, a fim de que se determine as condições físicas e emocionais dos participantes.

Os dados revelaram que todas as 300 crianças registradas no programa apresentaram mudanças significativas de comportamento no decorrer do curso de 12 meses.

Essas mudanças se coadunaram diretamente com os objetivos estabelecidos pelo programa, que incluem uma redução do período passado em frente à televisão, diminuição da ingestão de refrigerantes e sucos de frutas, e aumento do consumo diário de frutas, verduras e legumes, prática regular de exercícios e envolvimento da família em um estilo de vida mais saudável.

E, tendo em vista que as crianças ainda estão em crescimento, Schwartz assegura que o programa "garante que elas mantenham um peso saudável em relação à altura" no decorrer do tempo.

Com duas instalações locais oferecendo o programa, já há projetos em andamento para a expansão do seu alcance para a área de Woodland Hills e quatro outras escolas de segundo grau da região. Os YMCAs (Young Men's Christian Association, ou Associação de Jovens Cristãos) locais, bem como o sistema escolar do condado de Santa Clara, têm também procurado incorporar as lições do programa ao seu currículo de saúde.

Para Edward, que antes detestava fazer polichinelos nas aulas de educação física, a melhora na sua vida social fez com que o esforço valesse a pena. Hoje em dia esse aluno da oitava série da Escola Intermediária Millikan joga futebol e basquete, pretende fazer aulas de caratê em janeiro e, juntamente com April, estará representando o KP Kids no desfile de Ano Novo.

Quando lhe indagam se ele está entusiasmado com esse momento bem merecido de fama, Edward responde como qualquer outro adolescente, com um simples "Sim, muito".

UOL Cursos Online

Todos os cursos