Exclusivo para assinantes UOL

Bebo, portanto crio

Philip Hunter*

A maioria das pessoas usa o álcool como um estimulante social e não criativo, eliminando a ansiedade com uma ou duas doses depois do trabalho; lubrificando seu discurso em vez de inspirar o intelecto. O ex-primeiro ministro britânico Winston Churchill disse que o álcool foi fundamental para ele escrever suas memórias; durante os últimos anos surgiram provas de que algumas pessoas têm, senão um gene Churchill, em referência ao britânico, pelo menos um gene criativo para as bebidas

UOL Cursos Online

Todos os cursos