Exclusivo para assinantes UOL

Mikhail Gorbachev: o herói acidental de 1989

Victor Sebestyen*

Em uma entrevista concedida a um repórter não faz muito tempo, Mikhail Gorbachev recordou os seus anos no topo da estrutura de poder da União Soviética. Depois que ele começa a narrar as suas histórias, geralmente é difícil fazê-lo parar de falar. Mas nessa ocasião ele hesitou, ficou silencioso por um bom tempo e fitou de forma desconcertante o entrevistador com os seus olhos penetrantes. "Sabe com é, eu ainda poderia estar lá, no Kremlin", disse Gorbachev. "Se eu estivesse motivado apenas pelo poder pessoal, ainda poderia possuí-lo... Se eu simplesmente não tivesse feito nada, se não tivesse mudado nada naquilo que à época era a União Soviética, se apenas me sentasse na minha cadeira e desempenhasse o meu trabalho como os meus antecessores, quem sabe..." Depois disso, ele riu. Mikhail Gorbachev: nos novos livros escolares russos, ele mal é mencionado

UOL Cursos Online

Todos os cursos