Exclusivo para assinantes UOL

A mãe de todos os paradoxos

Catherine Hakim

Parece evidentemente injusto que uma mulher perca seu emprego por estar grávida, mas ainda assim essas coisas costumavam acontecer. Antes que a lei de oportunidades iguais fosse introduzida nos anos 70, era até mesmo legal demitir mulheres por se casarem. Agora, no Reino Unido, Harriet Harman, membro do parlamento britânico, está determinada a fazer com que o governo proteja mais as mulheres. Seu projeto de lei de igualidade segue o exemplo da Suécia, onde a licença maternidade foi estendida para três anos e os pais são forçados a tirarem licença paternidade. Mas as leis que protegem o emprego das mulheres não são tão eficazes quanto imaginamos, e a iniciativa de Harman pode na verdade fortalecê-las.

UOL Cursos Online

Todos os cursos