Exclusivo para assinantes UOL

Serra Leoa: o pior lugar do mundo para engravidar

Alex Renton

  • Katrina Manson/Reuters

    Jebbeh Amara posa para foto ao lado dos filhos, em Serra Leoa. No ano passado, Amara perdeu um bebê com malária, devido à falta de acesso ao tratamento. A malária é a doença que mais mata em Serra Leoa, uma ex-colônia britânica na África Ocidental, classificado pela ONU como o país menos desenvolvido do mundo

    Jebbeh Amara posa para foto ao lado dos filhos, em Serra Leoa. No ano passado, Amara perdeu um bebê com malária, devido à falta de acesso ao tratamento. A malária é a doença que mais mata em Serra Leoa, uma ex-colônia britânica na África Ocidental, classificado pela ONU como o país menos desenvolvido do mundo

Serra Leoa exibe regularmente os piores índices de mortalidade infantil e materna do mundo. O índice leonês de 2.000 mortes de mães por 100 mil partos (segundo o Unicef e a Organização Mundial da Saúde) talvez seja o pior do mundo. A média da áfrica subsaariana em 2005 era de 900; na Europa Ocidental a média é de nove. Na áfrica subsaariana, 250 mil mulheres morrem durante o parto todos os anos, sendo que um terço desses óbitos é provocado por problemas simples como hemorragias.

UOL Cursos Online

Todos os cursos