Exclusivo para assinantes UOL

Turquia cria "cemitério de traidores" para soldados que tentaram golpe de Estado

Alev Scott*

UOL

  • Ozan Kose/ AFP

    Homem diante da placa "Cemitério dos Traidores", escrito em turco e de covas sem identificação, em Istambul

    Homem diante da placa "Cemitério dos Traidores", escrito em turco e de covas sem identificação, em Istambul

No subúrbio de Istambul, talhada na terra dura de um cemitério recém-construído, há uma cova solitária sem identificação. O Cemitério dos Traidores foi preparado especialmente para receber soldados turcos que morreram no golpe fracassado de 15 de julho, e a cova pertence a um major que atirou contra um civil desarmado antes de se matar. Sua família se recusou a aceitar seu corpo, então ele foi levado para lá, onde, de acordo com o prefeito de Istambul Kadir Topbas, "aqueles que passarem vão rogar pragas".

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos