Exclusivo para assinantes UOL

Opinião: Existem alguns populistas que merecem ser ouvidos

Bill Emmott*

  • Andreas Solaro/ AFP

Foi aceso o longo e lento pavio da bomba-relógio da Itália. A derrota esmagadora das propostas de reforma constitucional do primeiro-ministro Matteo Renzi no referendo nacional do dia 4 de dezembro deixou o país inteiro —na verdade a Europa inteira— imaginando se o Movimento 5 Estrelas, contra o euro, assumirá em breve o poder em nível nacional.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos