Exclusivo para assinantes UOL

Opinião: Francesas que prosperaram com patriarcado se voltam contra movimento feminista

Lucy Wadham*

  • Getty Images

    Catherine Deneuve alerta para o que chama de novo "puritanismo"

    Catherine Deneuve alerta para o que chama de novo "puritanismo"

"Estupro é crime, mas..." Assim começa uma carta enviada ao jornal "Le Monde" assinada por mais de cem francesas, entre escritoras, artistas, performers e professoras, lamentando a onda de "denúncias" provocadas pelo movimento #BalanceTonPorc ("Denuncie o seu porco"), a versão francesa do #MeToo ("Eu também"). A carta afirma que um novo puritanismo britânico e americano foi desencadeado na França. Os homens, escreveram elas, devem ser "livres para importunar" as mulheres e não deveriam ser punidos por "roubar um beijo".

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos