PUBLICIDADE
Topo

Análise: Gays devotos lidaram melhor com sua sexualidade ao se tornarem padres

Padre Krysztof Olaf Charamsa, que trabalha no escritório do Vaticano,  revelou a sua homossexualidade em entrevista para a imprensa - TIZIANA FABI/AFP
Padre Krysztof Olaf Charamsa, que trabalha no escritório do Vaticano, revelou a sua homossexualidade em entrevista para a imprensa Imagem: TIZIANA FABI/AFP
Exclusivo para assinantes UOL

Ross Benes

24/04/2017 00h02

Em março passado, o papa Francisco provocou uma onda de manchetes quando sugeriu a possibilidade de ordenar homens casados como padres. Já que não há evidências de que a prática da Igreja Católica mudar&a...