Exclusivo para assinantes UOL

Opinião: Militarismo de Trump mostra que os EUA precisam de um imposto de guerra

Noah Berlatsky

  • Nicholas Kamm/ AFP

    O presidente dos EUA, Donald Trump (dir.), cumprimenta o general de exército H.R. McMaster

    O presidente dos EUA, Donald Trump (dir.), cumprimenta o general de exército H.R. McMaster

O enorme míssil balístico que os EUA despejaram no Afeganistão no início deste mês --a "mãe de todas as bombas"-- criou uma cratera enorme no que deveria ser o movimento contra a guerra neste país. Antes da eleição, pacifistas de esquerda como Glenn Greenwald e isolacionistas de direita como Justin Raimondo se convenceram de que as declarações contraditórias de Trump sobre política externa significavam que ele derrubaria o consenso bipartidário de política intervencionista em Washington.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos