Exclusivo para assinantes UOL

Por que Trump parou de dizer "terrorismo islâmico radical"?

William Saletan

  • Getty Images/iStockphoto

Em sua viagem à Arábia Saudita na semana passada, o presidente Trump falou muito sobre violência religiosa. Mas não pronunciou uma de suas expressões favoritas: "terrorismo islâmico radical". A omissão provocou discussões sobre por que ele abandonou o termo e se isso representaria uma mudança na política para o Oriente Médio. Sobre essas perguntas, vamos esperar para ver. Mas a mudança de Trump esclarece uma coisa: os presidentes que se recusam a associar o islã com o terrorismo não estão sendo burros. Estão sendo prudentes.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos