Exclusivo para assinantes UOL

Como jovem transgênero venceu a batalha para usar banheiro masculino no colégio

Mark Joseph Stern

  • Reprodução/Facebook Ash Whitaker

    Ashton Whitaker ganhou o direito de usar o banheiro masculino de seu colégio após batalha judicial

    Ashton Whitaker ganhou o direito de usar o banheiro masculino de seu colégio após batalha judicial

No penúltimo dia de Ash Whitaker no ensino médio, ele descobriu que havia ganho uma grande causa de direitos civis em um tribunal federal de apelação. Logo em seguida, foi fazer uma prova. De muitas formas, Whitaker, que vive em Kenosha, no Wisconsin, era só um típico aluno superativo de ensino médio: tocava na banda do colégio, participava da National Honor Society e do clube de teatro. Mas Whitaker também é transgênero —um fato que preocupava profundamente administradores de seu distrito escolar, que o proibiram de usar o banheiro dos meninos.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos