Exclusivo para assinantes UOL

Opinião: Debate sobre controle de armas está morto nos EUA

Jim Newell

  • Mike Stewart/AP

    Donald Trump discursa em evento da NRA (Associação Nacional do Rifle)

    Donald Trump discursa em evento da NRA (Associação Nacional do Rifle)

Para aprovar qualquer lei significativa de controle de armas no Congresso dos EUA, o presidente Donald Trump teria de exercer os plenos poderes de seu cargo. Trump precisaria torcer os braços de seus colegas republicanos e queimar um capital político considerável junto à sua base conservadora. Por isso não é exatamente surpreendente que durante o fim de semana ele tenha deixado de defender as reformas sobre armas mais ambiciosas que circularam no Congresso desde o tiroteio na escola em Parkland, na Flórida. Sem Trump a bordo, as verificações de ficha policial para todos e uma série de outras políticas parecem ter perdido o ímpeto pela milionésima vez.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos