Exclusivo para assinantes UOL

Opinião: EUA não podem mais ser principal mediador do conflito Israel-Palestina

Ilan Goldenberg*

  • AFP PHOTO / Menahem KAHANA

    Estados Unidos inauguram embaixada em Jerusalém, Israel

    Estados Unidos inauguram embaixada em Jerusalém, Israel

Na segunda-feira (14), enquanto uma delegação americana que incluiu Ivanka Trump, Jared Kushner, Steve Mnuchin e importantes congressistas democratas e republicanos se reunia para uma cerimônia que marcou a transferência da embaixada dos EUA para Jerusalém, eles também poderiam estar marcando outro acontecimento: o fim do papel dos EUA como principal mediador no conflito Israel-Palestina.

UOL Cursos Online

Todos os cursos