Exclusivo para assinantes UOL

Análise: Sauditas têm papel tanto de incendiários quanto de bombeiros na relação com extremismo

Scott Shane

Em Washington (EUA)

  • Sergey Ponomarev/The New York Times

Hillary Clinton e Donald Trump não concordam em muita coisa, mas a Arábia Saudita pode ser uma exceção. Ela condenou saudita às "escolas e mesquitas radicais de todo o mundo que colocam jovens demais no caminho do extremismo". Ele chamou os sauditas de "os maiores financiadores do terrorismo do mundo".

UOL Cursos Online

Todos os cursos