Exclusivo para assinantes UOL

Língua do fascismo: novos termos 'normalizam' falta de liberdade nas Filipinas

Gina Apostol*

  • Daniel Berehulak/NYT

    Policiais observam homem assassinado nas Filipinas

    Policiais observam homem assassinado nas Filipinas

Eu era criança quando o finado ditador Ferdinand Marcos decretou a lei marcial, em 1972, atirando uma longa maldição sobre as Filipinas. "Bebê da lei marcial" tornou-se um apelido para pessoas como eu, filipinos que cresceram sob o autoritarismo, cegos à sua consolidação. Nós, bebês da lei marcial, vivemos um momento assombrado hoje: com Rodrigo Duterte presidente, é como se a história estivesse pregando uma peça de mau gosto.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos