Exclusivo para assinantes UOL

Opinião: Leopoldo López voltou para casa, mas a Venezuela não está livre

José Miguel Vivanco*

Em Washington (EUA)

  • Boris Vergara/Xinhua

    9.jul.2017 - O oposicionista Leopoldo López cumprimenta simpatizantes a partir de sua casa, onde está em prisão domiciliar, em Caracas (Venezuela)

    9.jul.2017 - O oposicionista Leopoldo López cumprimenta simpatizantes a partir de sua casa, onde está em prisão domiciliar, em Caracas (Venezuela)

O governo venezuelano concedeu prisão domiciliar a seu mais proeminente preso político. A continuidade da pressão internacional pode acelerar a libertação da Venezuela

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos