Exclusivo para assinantes UOL

Militares usam crise dos rohingyas como estratégia para enfraquecer líder eleita em Mianmar

Kevin Rudd

George El Khouri Andolfato

  • AFP Photo

    A líder de Mianmar, Aung San Suu Kyi

    A líder de Mianmar, Aung San Suu Kyi

A cobertura de notícias de Mianmar nos últimos meses leva muitas pessoas a concluírem que Daw Aung San Suu Kyi, a líder de fato do país, abandonou sua responsabilidade de proteger os direitos humanos. Centenas de milhares de pessoas da minoria étnica rohingya estão sendo expulsas pelos militares de terras no oeste de Mianmar onde vivem há séculos. Segundo qualquer padrão, estamos testemunhando as mais fundamentais violações de direitos humanos.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos