PUBLICIDADE
Topo

Opinião: México e esquerda latino-americana são obstáculos para fim de crise na Nicarágua

Amigos carregam o caixão de estudante morto pelas forças pró-governamentais da Nicarágua - Inti Ocon/AFP
Amigos carregam o caixão de estudante morto pelas forças pró-governamentais da Nicarágua Imagem: Inti Ocon/AFP
Exclusivo para assinantes UOL

Jorge G. Castañeda

Na Cidade do México

28/07/2018 00h01

Mais de 350 pessoas, a maioria estudantes e manifestantes, morreram desde abril na Nicarágua, onde um amplo movimento social pela renúncia do presidente Daniel Ortega foi provocado por uma reforma previdenciária fracassada.

E...